Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/858
Título: O infantil na constituição da subjetividade : o memorial educativo de professores em escrita e ação
Autor(es): Squarisi, Katilen Machado Vicente
Orientador(a): Almeida, Inês Maria Marques Zanforlin Pires de
Palavras-chave: Subjetividade;Psicanálise;Memória educativa;Infantil (Psicanálise)
Data do documento: 15-Mar-2017
Data de defesa: 9-Dec-2016
Editor: Universidade de Brasília
Citação: SQUARISI, Katilen Machado Vicente. O infantil na constituição da subjetividade: o memorial educativo de professores em escrita e ação. 2016. 147 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Este trabalho, inscreve-se a partir da indagação de como o professor compreende o significado da dimensão do infantil em sua constituição subjetiva e as possíveis repercussões no ofício docente à luz do aporte psicanalítico. Como objetivos específicos, destacam-se: reconhecer que a dimensão do infantil ocupa lugar de centralidade na constituição da subjetividade docente com repercussões no processo educativo em sala de aula; identificar possíveis implicações da atuação do professor das séries iniciais do ensino fundamental na constituição da subjetividade infantil; e a articulação da memória educativa e sociopsicodrama. A pesquisa foi realizada na abordagem metodológica qualitativa através do dispositivo da memória educativa, registros no diário de campo, entrevistas semiestruturadas e oficinas com utilização do sociopsicodrama. Os sujeitos da pesquisa foram professoras das séries iniciais do ensino fundamental de uma escola pública do Distrito Federal. Realizou-se o curso O lugar do infantil na memória educativa: implicação e reflexão em escrita e ação, em parceria com a Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais de Educação (EAPE), a partir do qual os dados foram coletados, analisados e interpretados com base na análise de conteúdo de Bardin (2011). Emergiram três categorias: laços e suas vicissitudes; processos identificatórios e transferenciais; e mal-estar do professor: da inscrição à elaboração. Considerando que a pesquisa teve cunho reflexivo, as ações que dela decorreram podem contribuir na prática de formação dos professores buscando, por meio da psicanálise, suscitar novas posturas em sala de aula com repercussões no ensinar e aprender, tornando-se um espaço privilegiado para a compreensão e aquisição de outro olhar para o processo educativo.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/858
Etapa/Modalidade: Ensino Fundamental Anos Iniciais
Appears in Collections:02.03.10 Ensino e Formação do Professor

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_KatilenMachadoVicenteSquarisi.pdfDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2016.2,19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.