Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/855
Título: A moral em questões sociocientíficas no ensino de biologia
Autor(es): Silva, Shirley Margareth Buffon da
Orientador(a): Santos, Wildson Luiz Pereira dos
Palavras-chave: Ensino de ciências;Questões sociocientíficas (QSC);Biotecnologia
Data do documento: Feb-2017
Data de defesa: Jun-2016
Editor: Universidade de Brasília
Citação: SILVA, Shirley Margareth Buffon da. A moral em questões sociocientíficas no ensino de biologia. 2016. xxvii , 265 f., il. Tese (Doutorado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Esta tese é o resultado de uma investigação realizada com estudantes no 2º ano do ensino médio em uma escola pública do Distrito Federal. O objetivo foi desenvolver sequências didáticas com a introdução de questões sociocientíficas (QSC) relativas a dilemas da biotecnologia que envolvem aspectos morais, visando caracterizar implicações pedagógicas para tratar questões morais no ensino de Biologia. Para isso, foram identificados aspectos morais adotados pelos estudantes relativos às QSC, antes, durante e depois da discussão dos dilemas, com o propósito de encontrar possíveis indicadores da relação entre abordagem de QSC e aspectos morais. A investigação tomou como referência pesquisas empíricas e estudos sobre inserção curricular de QSC e moral, bem como estudos no campo da psicologia e da filosofia. As sequências didáticas desenvolvidas foram sobre os seguintes dilemas morais: alimentos transgênicos, clonagem e terapia gênica. As teorias morais normativas e a metaética foram o referencial teórico utilizado na análise dos dados. No caso dos princípios morais nos embasamos na Declaração Universal de Bioética e dos Direitos Humanos e Valores do Espírito do Desporto. Foi realizada uma abordagem investigativa de cunho qualitativo utilizando-se a análise textual discursiva para identificar categorias emergentes nos discursos dos atores, obtidos por meio de questionários, entrevistas e após o desenvolvimento de uma sequência didática com discussões de QSC. Os dados construídos apontaram que a maioria dos estudantes interpreta QSC sobre temas da biotecnologia com base nas teorias morais deontológica e utilitarista e também no ceticismo moral. Nas QSC sobre alimentos transgênicos a moral utilitarista foi a mais utilizada. Já no caso da clonagem e da terapia gênica a moral deontológica foi predominante, com um pequeno número de estudantes que apresentaram ceticismo moral. Nesse contexto, percebemos que as aplicações da biotecnologia abordadas foram analisadas de formas diferentes em termos de moralidade por parte dos estudantes, e que fatores como o contexto, emoções, existência de valores protegidos e sagrados podem ter influenciado o julgamento moral. Além disso, concluímos que com a realização da sequência didática houve mudanças nas percepções dos estudantes quanto a algumas categorias utilizadas na análise como, uso de alimentos transgênicos, consciência ecológica e percepção de risco. Os dados demonstram também que não houve uma mobilização significativa dos estudantes nos debates das QSC. A análise do desenvolvimento das sequências didáticas aponta dificuldades para se incluir aspectos morais em discussões de QSC, tais como a inserção de atividades didáticas apropriadas para desenvolver a participação dos estudantes em QSC e o contexto curricular da escola. Defendemos como tese que a introdução de aspectos morais em QSC é essencial no ensino de Biologia para que se prepare os estudantes na tomada de decisão moral. Para que isso ocorra no contexto curricular da maioria das escolas brasileiras, muitos desafios precisam ser enfrentados tais como a formação de professores e o desenvolvimento de estratégias de ensino variadas dentro da diversidade de cenários existentes. Em síntese, esta investigação identificou elementos para o entendimento de como discussões de QSC no ensino de Biologia podem contribuir para o favorecimento do raciocínio moral dos estudantes. Abstract: This thesis is the result of an investigation carried out with students in the 2nd year of high school in a public school in the Federal District. The goal was to develop didactic sequences with the introduction of socio-scientific issues (SSI) concerning biotechnology dilemmas involving moral aspects, aiming to characterize pedagogical implications to address moral issues in Biology teaching. To achieve this goal, moral aspects adopted by students regarding SSI were identified, before, during and after the discussion of the dilemmas in order to find out possible indicators of the relationship between SSI approach and moral issues. The investigation used, as reference, empirical researches and studies on curricular inclusion of SSI and moral, as well as studies on moral in the fields of psychology and philosophy. The developed didactic sequences involved the following moral dilemmas regarding biotechnology SSI: GM food, cloning and gene therapy. The normative moral theories and meta-ethics were the theoretical framework used in the data analysis. In the case of moral principles we relied on the principles of the Universal Declaration of Bioethics and of Human Rights, and in the case of genetic doping, on the Values of Sport Spirit. An investigative approach of qualitative nature, using discursive textual analysis, was performed to identify emerging categories in the speeches of the actors, obtained through questionnaires, interviews and after the development of a didactic sequence with SSI discussions. The obtained data showed that most students interpret SSI on biotechnology having as a basis moral deontological, utilitarian theories and moral skepticism. In SSI on GM food utilitarian moral was the most used. In the case of cloning and genetic therapy, deontological moral was predominant. A small number of students showed moral skepticism. In this context, we realize that the discussed applications of biotechnology were analyzed in different ways, in terms of morality, by part of the students, and that factors such as the context, emotions, existence of protected and sacred values may have influenced their moral judgment. Furthermore, we noticed that, with the completion of the didactic sequence, there were changes in the perceptions of the students regarding some categories used in the analysis, such as the use of GM food, ecological awareness and risk perception. The data also show that there was not a significant mobilization of the students in the SSI discussions. The analysis of the development of the didactic sequences points out several difficulties to introduce moral aspects in SSI discussions, such as appropriate didactic activities to develop the participation of the students in SSI and the curricular context of the school. We defend the thesis that the introduction of moral aspects of SSI is essential in Biology teaching to prepare students for in their moral decision-making. To attain this goal, in the curricular context of most Brazilian schools, many challenges need to be faced, such as teachers’ proficiency and the development of various teaching strategies within the diversity of the actual scenarios. In summary, this research identified elements for understanding how SSI discussions in Biology teaching may contribute to foster the moral reasoning of the students.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/855
Etapa/Modalidade: Ensino Medio
Appears in Collections:09.07.02 Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_ShirleyMargarethBuffondaSilva.pdfEsta tese é o resultado de uma investigação realizada com estudantes no 2º ano do ensino médio em uma escola pública do Distrito Federal. O objetivo foi desenvolver sequências didáticas com a introdução de questões sociocientíficas (QSC) relativas a dilemas da biotecnologia que envolvem aspectos morais, visando caracterizar implicações pedagógicas para tratar questões morais no ensino de Biologia. Para isso, foram identificados aspectos morais adotados pelos estudantes relativos às QSC, antes, durante e depois da discussão dos dilemas, com o propósito de encontrar possíveis indicadores da relação entre abordagem de QSC e aspectos morais. A investigação tomou como referência pesquisas empíricas e estudos sobre inserção curricular de QSC e moral, bem como estudos no campo da psicologia e da filosofia. As sequências didáticas desenvolvidas foram sobre os seguintes dilemas morais: alimentos transgênicos, clonagem e terapia gênica. As teorias morais normativas e a metaética foram o referencial teórico utilizado na análise dos dados. No caso dos princípios morais nos embasamos na Declaração Universal de Bioética e dos Direitos Humanos e Valores do Espírito do Desporto. Foi realizada uma abordagem investigativa de cunho qualitativo utilizando-se a análise textual discursiva para identificar categorias emergentes nos discursos dos atores, obtidos por meio de questionários, entrevistas e após o desenvolvimento de uma sequência didática com discussões de QSC. Os dados construídos apontaram que a maioria dos estudantes interpreta QSC sobre temas da biotecnologia com base nas teorias morais deontológica e utilitarista e também no ceticismo moral. Nas QSC sobre alimentos transgênicos a moral utilitarista foi a mais utilizada. Já no caso da clonagem e da terapia gênica a moral deontológica foi predominante, com um pequeno número de estudantes que apresentaram ceticismo moral. Nesse contexto, percebemos que as aplicações da biotecnologia abordadas foram analisadas de formas diferentes em termos de moralidade por parte dos estudantes, e que fatores como o contexto, emoções, existência de valores protegidos e sagrados podem ter influenciado o julgamento moral. Além disso, concluímos que com a realização da sequência didática houve mudanças nas percepções dos estudantes quanto a algumas categorias utilizadas na análise como, uso de alimentos transgênicos, consciência ecológica e percepção de risco. Os dados demonstram também que não houve uma mobilização significativa dos estudantes nos debates das QSC. A análise do desenvolvimento das sequências didáticas aponta dificuldades para se incluir aspectos morais em discussões de QSC, tais como a inserção de atividades didáticas apropriadas para desenvolver a participação dos estudantes em QSC e o contexto curricular da escola. Defendemos como tese que a introdução de aspectos morais em QSC é essencial no ensino de Biologia para que se prepare os estudantes na tomada de decisão moral. Para que isso ocorra no contexto curricular da maioria das escolas brasileiras, muitos desafios precisam ser enfrentados tais como a formação de professores e o desenvolvimento de estratégias de ensino variadas dentro da diversidade de cenários existentes. Em síntese, esta investigação identificou elementos para o entendimento de como discussões de QSC no ensino de Biologia podem contribuir para o favorecimento do raciocínio moral dos estudantes. Abstract: This thesis is the result of an investigation carried out with students in the 2nd year of high school in a public school in the Federal District. The goal was to develop didactic sequences with the introduction of socio-scientific issues (SSI) concerning biotechnology dilemmas involving moral aspects, aiming to characterize pedagogical implications to address moral issues in Biology teaching. To achieve this goal, moral aspects adopted by students regarding SSI were identified, before, during and after the discussion of the dilemmas in order to find out possible indicators of the relationship between SSI approach and moral issues. The investigation used, as reference, empirical researches and studies on curricular inclusion of SSI and moral, as well as studies on moral in the fields of psychology and philosophy. The developed didactic sequences involved the following moral dilemmas regarding biotechnology SSI: GM food, cloning and gene therapy. The normative moral theories and meta-ethics were the theoretical framework used in the data analysis. In the case of moral principles we relied on the principles of the Universal Declaration of Bioethics and of Human Rights, and in the case of genetic doping, on the Values of Sport Spirit. An investigative approach of qualitative nature, using discursive textual analysis, was performed to identify emerging categories in the speeches of the actors, obtained through questionnaires, interviews and after the development of a didactic sequence with SSI discussions. The obtained data showed that most students interpret SSI on biotechnology having as a basis moral deontological, utilitarian theories and moral skepticism. In SSI on GM food utilitarian moral was the most used. In the case of cloning and genetic therapy, deontological moral was predominant. A small number of students showed moral skepticism. In this context, we realize that the discussed applications of biotechnology were analyzed in different ways, in terms of morality, by part of the students, and that factors such as the context, emotions, existence of protected and sacred values may have influenced their moral judgment. Furthermore, we noticed that, with the completion of the didactic sequence, there were changes in the perceptions of the students regarding some categories used in the analysis, such as the use of GM food, ecological awareness and risk perception. The data also show that there was not a significant mobilization of the students in the SSI discussions. The analysis of the development of the didactic sequences points out several difficulties to introduce moral aspects in SSI discussions, such as appropriate didactic activities to develop the participation of the students in SSI and the curricular context of the school. We defend the thesis that the introduction of moral aspects of SSI is essential in Biology teaching to prepare students for in their moral decision-making. To attain this goal, in the curricular context of most Brazilian schools, many challenges need to be faced, such as teachers’ proficiency and the development of various teaching strategies within the diversity of the actual scenarios. In summary, this research identified elements for understanding how SSI discussions in Biology teaching may contribute to foster the moral reasoning of the students.3,15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.