Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/541
Título: Entre concepções docentes e práticas pedagógicas : o processo de inclusão de alunos com deficiência intelectual na rede pública de ensino do Distrito Federal
Autor(es): Mendonça, Fabiana Luzia de Rezende
Orientador(a): Silva, Daniele Nunes Henrique
Palavras-chave: Professores - formação;Inclusão escolar;Incapacidade intelectual
Data do documento: 15-Aug-2016
Data de defesa: 25-Jul-2013
Editor: Universidade de Brasília
Citação: MENDONÇA, Fabiana Luzia de Rezende. Entre concepções docentes e práticas pedagógicas: o processo de inclusão de alunos com deficiência intelectual na rede pública de ensino do Distrito Federal. 2013. x, 155 f. Dissertação (Mestrado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: À luz dos pressupostos teóricos da psicologia histórico-cultural, o presente estudo tem como tema central a formação docente nos processos de inclusão de alunos com deficiência intelectual. Tendo como foco as práticas pedagógicas, o contexto da sala de aula com alunos deficientes intelectuais incluídos e as condições de trabalho do professor e de seu coletivo, os objetivos desta pesquisa são: propor um espaço de experiência formativa que propicie aos professores refletirem sobre aspectos de sua prática pedagógica reveladores de seus pressupostos acerca do desenvolvimento e da aprendizagem de alunos com deficiência intelectual; e identificar e analisar, criticamente, com o coletivo de professores, as estratégias pedagógicas por eles propostas em situações de sala de aula envolvendo alunos deficientes intelectuais incluídos. Para alcançar tais metas, a opção teórico- metodológica adotada foi a clínica da atividade, formulada por Yves Clot, que consiste em um sujeito esclarecer para o outro e para si mesmo questões que surgem no desenvolvimento das suas atividades a partir de análises de situações habituais de trabalho. Nesse processo, emergiram duas temáticas investigativas centrais: A – (Ausência de) autonomia dos alunos com deficiência intelectual em sala de aula e B – Limitação cognitiva dos alunos com deficiência intelectual. A partir dessas análises, problematizaram-se, no coletivo profissional, as concepções de desenvolvimento associadas às práticas pedagógicas adotadas com os alunos deficientes intelectuais incluídos. Uma particularidade depreendida desse processo de pesquisa é que as concepções e práticas educativas só podem ser transformadas por meio da ressignificação dos coletivos profissionais, restituindo aos professores o seu poder de ação e reflexão conjunta, que está dado por condições materiais (históricas, culturais e econômicas) específicas. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT In light of the theoretical principles of cultural-historical psychology, this study focuses on teacher training in the process of inclusion of students with intellectual disabilities. Focusing on teaching practices, the context of inclusive classrooms and the working conditions of teachers and their collectiveness, the goals of this research are: to propose a training experience that encourages teachers to reflect on aspects of their practice, revealing their assumptions about the development and learning of students with intellectual disabilities, and to identify and analyze critically, with the teacher’s collectiveness, the teaching strategies they proposed in classroom situations involving students intellectually disabled. The theoretical-methodological approach adopted was the clinical activity, formulated by Yves Clot, which consists in one subject clarifying to another and for himself issues that arise in the development of their activities, based on the analysis of usual work situations. In this process, two central themes were identified: A - (Absence of) autonomy of students with intellectual disabilities in the classroom, and B - Cognitive limitation of students with intellectual disabilities. Based on these analyses, the conceptions of development associated with the pedagogical practices adopted with students, including the intellectually disabled, were problematized with the teacher’s collectiveness. A peculiarity deduced from this research process is that the educational conceptions and practices can only be transformed through the redefinition of the professional collectiveness, giving back to the teachers their power of action and joint reflection, which is given by specific material conditions (historical, cultural, and economic conditions).
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2013.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/541
Etapa/Modalidade: Educacao especial
Appears in Collections:02.03.10 Ensino e Formação do Professor

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_FabianaLuziaRezendeMendonca.pdf1,32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.