Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/449
Título: Docência universitária : a aula em questão
Autor(es): Silva, Edileuza Fernandes da
Orientador(a): Veiga, Ilma Passos Alencastro
Palavras-chave: Ensino superior;Professores e alunos;Professores universitários
Data do documento: 10-Aug-2016
Data de defesa: Dec-2009
Editor: Universidade de Brasília
Citação: SILVA, Edileuza Fernandes da. Docência universitária: a aula em questão. 2009. 293 f. Tese (Doutorado em Educação)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Resumo: Esta tese se originou das inquietações que, ao longo de minha trajetória profissional, venho vivenciando em relação à docência e que se intensificaram na experiência como professora e pesquisadora da educação superior, fazendo com que elegesse a docência universitária como tema de investigação. O estudo pautou-se nas reflexões sobre a organização, desenvolvimento e avaliação de aulas de nove disciplinas de Cursos da UnB, procurando identificar inovações nos processos de ensinar, aprender, pesquisar e avaliar, e que sinalizam rupturas quanto à forma de lidar com o conhecimento. A metodologia utilizada privilegiou a abordagem qualitativa, com a utilização de análise documental, observação de aulas, grupos de discussão e entrevistas narrativas. A análise dos dados permitiu constatar que, embora haja um movimento de ruptura com a forma de lidar com o conhecimento, ainda não é possível afirmar que nelas se dê a ―ruptura epistemológica‖. Nas aulas, professores e alunos ultrapassam a concepção de que o conhecimento, para ser científico, precisa romper com o senso comum. Os docentes partem do senso comum, dos conhecimentos prévios dos estudantes e do contexto onde se realiza o objeto de estudo e estabelecem relações com outras formas e tipos de conhecimento. As inovações percebidas pautam-se nos princípios da afetividade; autonomia; participação; contextualização; dialogicidade; dinamicidade; diversidade; ética; igualdade; integralidade; ludicidade; reflexividade/criatividade e transitoriedade. Como relações fundantes estão: professor-aluno; objetivo-avaliação; conteúdo-método; conhecimento local-total; ensino-aprendizagem; ensino-pesquisa; teoria-prática; movimento-afetividade; tempo-espaço. Finalizando, são apontados os desafios a serem transpostos para a constituição de processos inovadores na aula universitária e os caminhos possíveis na construção da pedagogia universitária. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT This thesis originates from concerns that I have been experiencing throughout my professional life in relation to teaching and which have become stronger during my work as a lecturer and researcher within higher education. For this reason, I have chosen university teaching as an issue for research. This study looks at the organization, development and assessment of classes given for different subjects in nine Courses of UnB (University of Brasilia). Innovations are to be identified within teaching, learning, research and assessment; which indicate a break from the usual ways of dealing with knowledge. The methodology adopted has favored a qualitative approach, using analysis of documentation, class observation, discussion groups and narrative interviews. Analysis of the data has demonstrated that even if there is a tendency to break with the usual way of dealing with knowledge, there is no way to ascertain that an ―epistemological rupture‖ occurs. In class, lecturers and students go beyond the understanding that knowledge, in order to be scientific needs to be separated from common sense. Lecturers create plans based on common sense, student's previous knowledge and on the context where the object of study is realized. Then, they correlate these with new types of knowledge and ways of thinking about it. The innovations identified are based on the following principles: emotion, autonomy, participation, contextualization, dialog, dynamism, diversity, ethics, equality, integrity, playfulness, reflectivity/creativity and transition. They are structured by the following relations: lecturer-student; object-assessment; content-method; partial-complete knowledge; teaching-learning; teaching-research; theory-practice; motion-emotion; time-space. Finally, challenges that need to be overcome are put forward in order to come up with innovative processes that can be used in a university classroom aiming to create a university pedagogy.
Descrição: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2009.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/449
Etapa/Modalidade: Ensino Medio
Appears in Collections:02.03.09 Ensino Superior

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_EdileuzaFernandesdaSilva.pdf2,01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.