Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/1213
Título: Análises docentes acerca do processo histórico de inclusão do aluno com deficiência intelectual na rede pública de ensino do Distrito Federal : os últimos vinte anos
Autor(es): Rocha, Soraya Carvalho Pereira
Orientador(a): Silva, Daniele Nunes Henrique
Palavras-chave: Inclusão escolar;Deficiência intelectual;Escolas públicas - Distrito Federal (Brasil);Docência
Data do documento: 15-Feb-2018
Data de defesa: 31-Mar-2017
Editor: Universidade de Brasília - UnB
Citação: ROCHA, Soraya Carvalho Pereira. Análises docentes acerca do processo histórico de inclusão do aluno com deficiência intelectual na rede pública de ensino do Distrito Federal: os últimos vinte anos. 2017. vii, 94 f., il. Dissertação (Mestrado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: A presente dissertação tem como principal objetivo analisar as narrativas de seis professores da rede pública de ensino do Distrito Federal sobre o processo de inclusão dos alunos com deficiência intelectual (implementado nos últimos vinte anos, aproximadamente) e os desafios pedagógicos dele decorrentes. Para tanto, a pesquisa teve como base teórica a perspectiva histórico-cultural empreendida por Lev S. Vigotski (1896-1934) e seus colaboradores. A metodologia utilizada foi a pesquisa qualitativa, por meio da realização de entrevistas semiestruturadas. O trabalho de construção de dados envolveu gravação de áudio e transcrição integral das entrevistas, analisadas sob os pontos que se destacaram ao longo da análise dos dados de pesquisa. No primeiro eixo, observamos a resistência e o medo do professor com relação à implementação da política pública de inclusão, assim como o debate inicial sobre a inclusão escolar, a transformação do ambiente escolar e a disparidade temporal da implementação das políticas públicas de inclusão. No segundo eixo, foram analisados o impacto do processo inclusivo nas estratégias pedagógicas do professor no ensino do aluno com deficiência intelectual e os aspectos positivos e negativos que a inclusão trouxe para o desenvolvimento do processo de ensino-aprendizagem do aluno com deficiência intelectual. Concluímos, a partir da construção dos dados, que, desde o início da implementação das políticas públicas inclusivas, o debate teórico sobre a temática ocorreu de forma desconectada da realidade dos educadores e dos educandos, levando à resistência e ao medo dos doc entes, uma desigualdade dos processos formativos docentes sobre as políticas de inclusão que foram implementadas, assim como uma clara disparidade temporal entre a efetivação das políticas públicas de inclusão escolar, aplicadas pelo governo distrital. Dis cutiu-se também que as educadoras se utilizam de várias estratégias pedagógicas como o concretismo e a ludicidade no ensino dos alunos com deficiência intelectual e, quanto aos aspectos positivos e negativos, as educadoras salientam que há a necessidade de transformações de base que promovam e desenvolvam a inclusão em aspectos estruturais do ambiente escolar e de formação docente. Abstract: The main objective of this dissertation is to analyze the narratives of six teachers of the public school system of the Federal District about the process of inclusion of students with intellectual disabilities (implemented in the last twenty years or so) and the pedagogical challenges arising there from. For that, there search was based on the historical-cultural perspective under taken by Lev S. Vigotski (1896-1934) and his collaborators. The methodology used was qualitative research, through semistructured interviews. The data construction work involved audio recording and full transcription of the interviews, analyzed under the points that stood out during the analysis of the research data. In the first axis, we observe the teacher's resistance and fear regarding the implementation of the public policy of inclusion, as well as the initial debate on school inclusion, the transformation of the school environment and the time gap between the implementation of public inclusion policies. In these condaxis, the impact of the inclusive process on the pedagogical strategies of the teacher in the teaching of the student with intellectual disability was analyzed, as well the positive and negative aspectsthattheinclusionbroughttothedevelopmentoftheteachinglearningprocessofthestudentwithintellectualdisability. We conclude from the construction of the data that, since the beginning of the implementation of inclusive public policies, the theoretical debate on the theme occurred disconnected from the reality of educators and students, leading to resistance and fear of teachers, an inequality of Educational training processes on the inclusion policies that were implemented, as well as a temporal disparity between the implementation of the public policies of school inclusion applied by the district government. We also discuss the fact that educators use various pedagogical strategies such as concretism and play fulness in the teaching of students with intellectual disabilities, and, on the positive and negative aspects, educators emphasize that there is a need for basic transformations to promote and develop inclusion in structural aspects of the school environment and teacher training.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1213
Etapa/Modalidade: Ensino Medio
Appears in Collections:13.02.01 Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_SorayaCarvalhoPereiraRocha.pdfDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2017.923,85 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.