Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/1047
Título: A escrita unificadora de Osman Lins
Autor(es): Andrade, Ricardo
Orientador(a): Hazin, Elizabeth
Palavras-chave: Escrita literária;Lins, Osman, 1924-1978 - crítica e interpretação;Cosmogonia;Estilo literário
Data do documento: 3-Aug-2018
Data de defesa: 31-Mar-2017
Editor: Universidade de Brasília
Citação: ANDRADE, Ricardo. A escrita unificadora de Osman Lins. 2017. 101 f., il. Dissertação (Mestrado em Literatura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: O objetivo maior desta dissertação é apresentar e constatar a concepção e os procedimentos da escrita de Osman Lins, em seu romance Avalovara, representação da plenitude de seu engenho espiritual, como os de uma obra cosmogônica e unificadora: a defesa do ofício do escritor, da tendência de uma arte sem fronteiras, mesclada a outras, e da inclinação ornamental, privilegiando a alegoria por intermédio da união binária de mecanismos poéticos e retóricos, da junção de ficção, tempo histórico e reflexão teórica, narrativa, realidade e especulação filosófica, figuração e sentido próprio, numa rede infinita de significados ubíquos e isotópicos. Os recursos teóricos predominantes constam das reflexões do próprio autor, contidas em Guerras Sem Testemunhas e em entrevistas publicadas em Evangelho na Taba, dos estudos sobre alegoria e ornamentações retóricas, de João Adolfo Hansen, e dos simbolismos livrescos e da escrita, considerados, na perspectiva do trabalho, também como alegóricos, e ainda de aspectos da literatura europeia e da Idade Média Latina, analisados por Ernst Robert Curtius. A exposição da formulação estética de Osman Lins, abordada inicialmente, é relacionada às caracterizações de alegoria, expostas por João Adolfo Hansen, em suas configurações criativas e interpretativas e na designação de sua tipologia, sendo comparadas com diversas formas figuradas ao longo da Idade Média latina e europeia, através do estudo de E. R. Curtius. A escrita osmaniana é, assim, apresentada em conexão com a tradição literária ocidental, em sua exuberância engenhosa e em suas relações sagradas e míticas, revelando-se como forma privilegiada de conhecimento. Abstract: The main goal of this research is to verify concepts and procedings in Osman Lins’ writting on his novel Avalovara, which represents the fullness of his spiritual inventiveness, like the ones of a cosmogonic and unifying work: a defense of the writer’s labor, the tendency of an art with no boundaries, mingled with other kinds of art, and the ornamental inclination, giving priority to allegory through the binary gathering of poetic and rethorical mechanisms of bringing together fiction, historical time, theoretical thinking, narrative, reality, philosophical speculation, figuration, and proper sense in an infinite net of ubiquitous and isotopic meanings. The predominant theoretical resources are the novelist’s own ideas showed on Guerra sem Testemunhas and on some interviews on Evangelho na Taba, researches about allegory and allegorical ornamentaion by João Adolfo Hansen, taking for granted the writting and bookish symbolism considered also as allegorical in our research, besides some aspects on European literature and Latin Middle Ages analysed by Ernst Robert Curtius. The presentation of Osman Lins’ aesthetic formulation, at the beggining of this research, is related to allegory’s chacarcterizations in creative and interpretative features showed by João Adolfo Hansen which are compared to different forms represented during Latin Middle Ages according to E. R. Curtius’s studies. The osmanian writting is, thus, presented in its exuberance inventiveness and its mystical and sacred relations in connection with the western literary tradition, what gives chance to such writting reveal itself as a privileged form of knowledge.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1047
Etapa/Modalidade: Ensino Medio
Appears in Collections:09.02.01 Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_RicardoAndrade (1).pdfDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2017.44,17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.